segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Datafolha: Paulistanos desaprovam política de Doria de apagar grafites

Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada neste domingo (12) mostra que 61% dos entrevistados na capital paulista reprovam a política do prefeito João Doria (PSDB) de apagar grafites de artistas renomados e pintar de cinza muros da Avenida 23 de Maio. A ação do prefeito integra o programa Cidade Linda e foi uma das primeiras medidas executadas na cidade assim que Doria assumiu.

Depois de sofrer muitas críticas, Doria anunciou que vai criar áreas restritas na cidade para que novos grafites sejam pintados, agora com a autorização do poder público e dos proprietários de imóveis, no caso de fachadas de lugares privados. A nova medida anunciada por Doria é aprovada por 52% dos entrevistados. Já para 45% dos entrevistados os grafites devem ser liberados em qualquer parte da cidade.

Apesar da reprovação no tema do grafite, 59% dos paulistanos consideram ótimo ou bom o programa Cidade Linda, enquanto 20% afirmou que as medidas de Doria são regulares e 11% disse que o projeto da prefeitura é ruim ou péssimo. Na prática, contudo, a maioria dos entrevistados ainda não vê muitas ações concretas na cidade: 51% afirma que as medidas ainda não surtiram efeito e que a capital está igual.

A pesquisa Datafolha, publicada no jornal Folha de S.Paulo, também mostra que o paulistano gosta de grafite e odeia pichação: 85% são favoráveis a grafites em muros e fachadas e 97%, contrários às pichações.

JORNAL DO BRASIL

0 comentários:

Postar um comentário