terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Ministro vem a Teresina no dia 20 para avaliar problema de sobrecarga na saúde

O ministro da Saúde Ricardo Barros recebeu nesta terça-feira (7), em Brasília, uma comitiva formada pelo prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), pelo senador Ciro Nogueira (PP), pelos deputados federais Iracema Portella e Maia Filho (ambos do PP), e pelo presidente da Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS), Sílvio Mendes.

Uma das principais pautas da reunião foram as dificuldades que os hospitais públicos de Teresina vêm enfrentando há anos para atender todo o contingente de pacientes, que, além dos moradores da capital, ainda inclui milhares de pessoas que vêm do interior do Piauí e mesmo de outros estados - visto que Teresina é um pólo regional de saúde.

Atualmente, a capital conta com 92 Unidades Básicas de Saúde, 10 hospitais, o Hospital de Urgências de Teresina (HUT), e duas Unidades de Pronto Atendimento. 

Durante a reunião, o ministro da Saúde confirmou que fará uma visita a Teresina no próximo dia 20 de fevereiro, para conhecer de perto a situação. 

Segundo a deputada Iracema Portella, essa aproximação entre as esferas federal e municipal é de extrema relevância para qualificar cada vez mais os serviços de saúde oferecidos à população.

Iracema reforçou que a saúde pública brasileira ainda enfrenta outros obstáculos, que vão desde problemas de financiamento do SUS até falhas na formação dos médicos. "Nos últimos anos houve mudanças e melhorias significativas para requalificar a Atenção Básica em Saúde da capital. E a nossa intenção é investir cada vez mais na área de saúde, para ofertar um serviço público de qualidade", disse a deputada.

PORTAL O DIA

0 comentários:

Postar um comentário