quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Moro nega pedido para adiar audiências com testemunhas de defesa de Lula

O juiz federal Sérgio Moro negou o pedido dos advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para remarcar as audiências das testemunhas de defesa dele no âmbito da Lava Jato. A informação é da coluna de Lauro Jardim.

As audiências ocorrem nas próximas duas semanas, mas a defesa argumentou que o contato com Lula estava prejudicado nos últimos dias devido à morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia na última sexta-feira (3).

Na alegação apresentada a Moro, os advogados afirmaram que há dificuldades na preparação das perguntas que eles farão às testemunhas de defesa. Moro disse, no entanto, que a defesa de Lula teve tempo suficiente para se preparar.

JORNAL DO BRASIL

0 comentários:

Postar um comentário